domingo, 27 de março de 2011

Dose de pessimismo


Hoje acordei pensativa, e tomei minha primeira dose de pessimismo do dia, então levantei da cama, disposta a usa-lo. Andando pelos cômodos, vivendo apenas mais um dia normal, consumida pela rotina. Então abro a porta, e sinto o vento na rua tomar vida, batendo em meu rosto suavemente. Me encaminho para aquele mesmo lugar de sempre, apreciando o vazio do local, até que seja preenchido, e agora, meus olhos te observam, secretamente, tentando entender tudo aquilo que para mim ainda não faz sentido.

† Poison † Girl ♫

sábado, 19 de março de 2011

Sacrifícios


Numa noite tão serena, ouço seu chamado de desespero, que convida-me para entrar nesse doce jogo de misericórdia. Então finalmente percebi que toda a compulsão não me deixa aproveitar o momento. Céu e inferno colidem diante de meus olhos, transbordando em sacrifícios. A verdade é que minha sensação de perigo jamais poderá provar algo, e muito menos olhos tão cegos assim.

† Poison † Girl ♫

quinta-feira, 10 de março de 2011

Limbo


Cada texto me trás uma lembrança, a caminho da ressurreição pela última vez. Hoje vi novamente a pior de todas elas, perdida no intenso limbo. Sentada ao seu lado, sinto as janelas tremendo, vejo outro ônibus vindo em nossa direção, nosso último momento. Então caio no sono mais uma vez, envolvida pelo seu abraço, mostrando-me que meus desejos são minúsculos se comparados a o que nós temos. E agora, dedos mortos tocam minha pele, tão vivos quanto tudo que há dentro de mim, entre o paraíso e o inferno, sua alma jamais descansará. Mas você me mostrou que os anjos também podem amar.

† Poison † Girl ♫